quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

TUDO QUE VOCÊ SEMEIA, CEDO OU TARDE IRÁ COLHER...





As pessoas têm que medir as suas responsabilidades 

e ter cuidado com as suas atitudes. 

Há quem pense que um blog é uma brincadeira, não, não é. 

Há quem pense que tem o direito de criar um "perfil falso" e escrever

num blogue tudo o que lhe apetece, não, não pode. 

Tudo o que se semeia na Vida, cedo ou tarde irá colher, conforme o que 

semeia, bom ou mau, assim colherá. 

Por isso, muito cuidado com aquilo que se escreve!

Blogger multado em 11.680 euros por difamar religiosos de Viana do Castelo!

Um blogger de Viana do Castelo vai ter de pagar, 

entre multas e indemnizações, 

11.680 euros por oito crimes de difamação agravada e

dois de devassa da vida privada de religiosos, 

decidiu hoje o tribunal daquela comarca...




Desse montante, 3.480 euros são relativos a 580 dias de multa, à taxa

diária de seis euros. Em indemnizações, requeridas pelos seis visados,

entre eles o bispo da Diocese e a uma funcionária, o blogger vai ter de

pagar mais 8.200 euros.

O arguido é um homem de 25 anos de idade, promotor imobiliário, 

natural de Barcelos, que não ouviu hoje a leitura do acórdão por se

encontrar atualmente a trabalhar no Canadá.

Neste processo, está em causa um blogue cuja autoria é atribuída ao

antigo seminarista em abril de 2012 com o título 

"Os podres da diocese de Viana do Castelo" 

e o subtítulo 

"Burlas, prostituição, homossexualidade, casamentos destruídos, injustiças, entre muitos outros caos ocorridos na diocese de Viana do Castelo".

O blogue teria surgido em alegada retaliação por um suposto débito de um padre, amigo do arguido.

Naquele espaço na Internet, e durante meses, o arguido, descreveu

atuações que na sua essência configurariam práticas menos

condicentes com a postura do clero, publicando "fotografias e dados

pessoais, profissionais e até de familiares" dos visados.

Daí um conselho: Cuidado, muito cuidado!!!

13 comentários:

  1. Li a notícia, mas não conheço bem o caso, pelo que me não pronuncio. A liberdade de expressão é sempre uma faca de dois gumes, e a opinião é uma coisa, já a denúncia , que é muito diferente, tem que ter bases muito mais sólidas, ou não passará de difamação.
    Abraço do Zé

    ResponderEliminar
  2. Há quem não tenha em que se ocupar e ocupam-se a importunar os outros. Isso não é liberdade de expressão. É desequilíbrio mental...
    Desejo um Natal cheio de conforto e um Ano Novo com muita Saúde, Paz e Amor.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  3. Feliz Natal e muita saúde
    Abraço do Zé

    ResponderEliminar
  4. Como não dá para comentar em cima, vou comentar aqui, Tulipa. Apesar de não termos trocado muitos comentários, sinto que já a conheço um bocadinho e gosto de si. Conheci primeiro o blogue da Tânia, cheguei a trocar um email com ela, estava a pensar que ela ia melhorar e depois fui acompanhando o que se passava com a Tânia, também pelo que escrevia, sinto muito pela dor que passou. Esta é uma altura em que também sentimos de outra forma a falta dos que já cá não estão, com a memória de outros Natais. Por isso queria desejar-lhe um bom Natal, com muita saúde, família, amigos e calor. Espero que dê para sentirmos a presença dos que nos são queridos e já não estão connosco.
    um grande beijinho
    Gabriela

    ResponderEliminar
  5. Olá Ester, apesar de parecer ausente não esqueci os amigos...em breve voltarei com um ritmo diferente, penso eu...
    Hoje venho desejar um FELIZ NATAL e um 2016, pleno de paz, saúde e amor.
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Olá amiga

    Vim aqui ler o teu post e desejar que tenhas um Feliz Natal, com muita paz amor e tranquilidade.

    Obrigada pelo carinho que sempre me dispensas

    Bjgrande do lago

    ResponderEliminar
  7. Dado não conhecer o problema que refere neste post não posso emitir opiniões.
    O que me trouxe até aqui, e porque não tenho outro meio, foi o post anterior.
    Vi, pelo menos é a leitura que faço, que sofreu a perca maior, a mais dolorosa que se pode viver.
    Por isso - e tanto é! -, quero apenas dizer que estou consigo, que comungo da sua dor. "Mas nem me conhece", pensará. Tem razão, mas saber que alguém está em sofrimento basta-me.
    Os momentos bons, o sorriso, a presença que de certeza não se desvanece, farão o milagre de a apaziguar.
    Uma noite de Natal o melhor possível. Que mais lhe posso desejar?:(
    Abraço

    ResponderEliminar
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  9. Desejo que tenhas passado um feliz Natal.
    Este assunto, não sei pormenores, como sabes, ando sempre a leste ... É uma opção de vida da minha parte.
    Beijinho e feliz 2016 !

    ResponderEliminar
  10. Estou no tablet, como tão com menos visibilidade. Só agora me apercebi de não poder comentar o post sobre a tua sobrinha.
    Não tenho palavras, não as há.por mais que diga, e não sei que dizer, a tua dor não se apaga. Entendo !!! Só desejo que a Tânia esteja em paz e tu tb encontres alguma serenidade... acredito que dor destas não passe numa.
    Beijos

    ResponderEliminar
  11. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  12. Este é um post muito pertinente e actualíssimo. Desde que as pessoas tenham provas provadas penso que podem - e devem - denunciar aquilo que acham que está mal, e todos sabemos que há podridão por todo o lado, até na Igreja, ou especialmente na Igreja. Mas, em termos de justiça isto é tudo muito complicado. Se não veja-se o Isaltino Morais que se serviu dos 44 recursos que a Lei permite (um absurdo) para tentar escapar à prisão (onde ainda passou umas férias!). A tendência das pessoas é não se manifestarem quando as coisas não lhes dizem respeito, mas cada um é livre de tomar a atitude que achar correcta... podendo, como se vê por esta notícia, sofrer depois as consequências. Mas ninguém se deve calar perante a prepotência de outros...

    ResponderEliminar